1 min de leitura

Durante a quarentena, servidores de Sucupira do Riachão, no Maranhão, recebem treinamento do i-Educar de maneira remota

Powered by Rock Convert

Em meio à pandemia, gestores utilizam a internet para continuar atividades previstas nos calendários escolares.

As medidas de prevenção ao novo coronavírus, mudaram o cenário da educação brasileira. Professores, alunos e gestores seguem unidos, e com apoio de tecnologias, para garantir que parte das rotinas educacionais tenham continuidade. Esse tem sido o principal desafio das secretarias municipais de educação, e para isso, diversas secretarias têm adotado o trabalho remoto como uma forma de não interromperem as atividades.

Como forma de garantir esta medida, a Portabilis, em parceria com o Governo de Sucupira do Riachão, no Maranhão, organizou, de maneira virtual, um treinamento para que a equipe de gestão da Secretaria Municipal de Educação, não fosse exposta a nenhuma forma de contágio. A capacitação, realizada nos dias 23 e 25 de março, aconteceu por meio da ferramenta Google Hangouts

“De maneira remota, 20 funcionários, entre diretores, coordenadores pedagógicos, secretários e técnicos, que integram a gestão da Secretaria de Educação, esclareceram suas dúvidas sobre as plataformas i-Educar e i-Diário, soluções de gestão escolar oferecidas pela Portabilis, que serão utilizadas neste ano letivo no Município. Foi um momento de muito aprendizado, e que não atrasou nosso planejamento para utilização do sistema”, disse, o supervisor de Recursos Humanos e Estatística do Município, Marcelo da Silva.

A Portabilis sempre trabalhou com municípios de forma remota, como forma de facilitar a comunicação. A diferença é que, anteriormente, todos se reuniam em um mesmo local para participarem das capacitações. Com o coronavírus, aglomerações foram suspensas, e para não prejudicar o Município, expor os profissionais e atrasar o uso do sistema, tivemos a ideia de fazer totalmente remoto, sem que ninguém precisasse sair de casa”, explicou o CEO da Portabilis, Tiago Giusti.

Esforço para deixar a casa em ordem

Enquanto novas medidas sobre a retomada das aulas, dos 1.200 alunos do Município, não são anunciadas, a equipe, que está trabalhando em rodízio na Secretaria, aproveita para incluir todos os dados, arquivados em papel, no sistema. “Sabemos que quando retornarmos será um período de sobrecarga em função da paralisação, então, estamos aproveitando este momento para informatizar os dados dos alunos e demais servidores nas plataformas, e também para preencher o Censo Escolar”, explica Marcelo.

De acordo com o supervisor, com a implantação do sistema, a educação do Município terá impactos altamente positivos. “Como não mexeremos mais com papel, os funcionários não terão retrabalho, uma realidade que afetava de forma significativa nosso dia a dia escolar. Além disso, com todos os dados unificados, garantiremos maior transparência na gestão escolar, além de termos uma gestão guiada por dados pedagógicos”, explicou.

Powered by Rock Convert

Quer ficar por dentro das novidades?

Assine a nossa newsletter e receba conteúdos incríveis toda semana!


Tânia Giusti

Tânia Giusti é bacharel e mestre em jornalismo, entusiasta da educação e escreve sobre como políticas públicas de educação e assistência social podem transformar a sociedade. Na bagagem, traz vivências jornalísticas do trabalho com assessoria de imprensa no setor público. Participe, mande relatos ou sugestões para contato@portabilis.com.br