6 min de leitura

Mídias sociais no Serviço Social: guia de boas práticas

Infográfico agenda 2030 da ONU

É cada vez maior a demanda pela divulgação das ações de diferentes setores municipais nas mídias sociais. Os principais benefícios são: atingir mais pessoas, fornecer informações sobre serviços ofertados, facilitar a comunicação com a população e divulgar quais ações são realizadas. 

Elaboramos uma lista de canais que são interessantes para divulgar as ações de Assistência Social do seu município e explicamos como utilizá-los. Antes de começar a fazer, confira boas práticas de comunicação que devem direcionar a produção de conteúdos em mídias sociais!  

Mídias sociais no Serviço Social 

Listamos algumas dicas de comunicação para Assistentes Sociais que atuam em cargos públicos e querem melhorar a divulgação das ações em seus municípios. Confira: 

  • Peça autorização para a Secretaria de Assistência Social ou de Comunicação antes de criar perfis e páginas nas mídias sociais. Em alguns casos, esses perfis já existem e você pode dar continuidade ao trabalho; 
  • Lembre-se que ao publicar uma informação nas mídias sociais você está representando a Secretaria de Assistência Social, o CRAS ou CREAS daquele bairro ou município. Não utilize o canal para emitir opiniões ou compartilhar conteúdos pessoais;
  • O Canva é uma ferramenta de design gratuita e você pode utilizá-la para criar posts para as mídias sociais. Lá você encontra modelos prontos e pode personalizar com seus próprios textos e imagens; 
  • Para evitar problemas com direitos autorais, nunca utilize imagens do Google, do Pinterest ou de perfis particulares. No final deste artigo colocamos uma lista de bancos de imagens gratuitos que você pode utilizar à vontade; 
  • Se você pretende utilizar fotos em que apareçam pessoas, como registros de eventos, oficinas e campanhas, faça um termo de consentimento de uso de imagem. Recolha a assinatura das pessoas maiores de 18 anos ou de familiares e responsáveis de menores de idade;

Facebook 

No Facebook, o ideal é ter uma página, não um perfil. As páginas são utilizadas por instituições, empresas e organizações sociais. Já os perfis são para pessoas físicas. A vantagem das páginas é que você pode adicionar mais administradores, assim, técnicos e analistas também conseguem compartilhar conteúdos e acessar as mensagens. 

Na central de ajuda do Facebook você encontra o passo a passo para criar uma página. No navegador padrão do seu computador, faça o login com seu perfil pessoal no Facebook. Depois, acesse este link e siga as 5 etapas indicadas. 

Coloque um pequeno resumo sobre o local, como nome e cidade ou bairro de atuação. Preencha os campos de endereço, telefone e horários de atendimento e mantenha-os sempre atualizados. 

Como produzir conteúdos

Além da divulgação de informações de ações pontuais da Assistência Social, como eventos e oficinas, o centro pode utilizar a presença nas mídias para potencializar o alcance de campanhas anuais, como a de cyberbullying ou referente a violência contra crianças e adolescentes ou mulheres. 

Veja algumas ideias: 

  • Explicar o que são benefícios de prestação continuada e benefícios eventuais;
  • Como funciona o auxílio-inclusão e a tarifa social de energia elétrica;
  • Informações sobre documentação básica, carteira do idoso, cadastro nacional do SUAS, etc;
  • Explicar como cada unidade de atendimento (CRAS, CREAS, Centro POP) funciona e quais serviços são ofertados;
  • Serviços de acolhimento. 

Além disso, as pessoas coordenadoras do CRAS ou CREAS podem aproveitar as mídias sociais para divulgar capacitações e formações realizadas com servidoras(es) públicos. 

Você também pode compartilhar matérias do Ministério da Cidadania e do site da prefeitura do seu município. Basta copiar a URL (link da página), colar no campo “Criar publicação” e aguardar o carregamento da imagem. 

Formato de posts para o Facebook

Dimensões em pixels:

Capa da página: 851 x 315

Posts de feed: 1200 x 630

Carrossel:  1200 x 1200

Formato:

JPEG ou PNG (para imagens)

MP4 (para vídeos)

Divulgação em grupos 

Muitas cidades e até mesmo bairros têm grupos no Facebook para troca de informações. Pesquise diretamente na plataforma ou converse com pessoas atendidas para saber quais são e como encontrá-los. Esses espaços são uma ótima forma de divulgar informações para a comunidade local e informar a população sobre eventos e oficinas. 

Alguns grupos permitem que páginas façam publicações, o que é o ideal para centros de referência, já que as pessoas podem acessar a informação diretamente. Já outros só autorizam a publicação de perfis e, nesse caso, você pode usar o seu perfil pessoal para compartilhar a informação da página dentro do grupo.

Instagram

Utilize um e-mail do centro ou instituição para fazer uma conta no Instagram, assim o perfil não fica vinculado a um endereço pessoal. Escolha a opção de “conta comercial” ou “criador de conteúdo”, assim você acessa relatórios do público que segue o perfil. 

Depois de criar o perfil, acesse a página no Facebook do centro ou instituição e faça a vinculação entre as contas (Configurações da Página > Instagram > Conectar agora). Assim, você consegue agendar as publicações pelo computador, escolher os horários em cada plataforma e até observar o desempenho dos posts.

Você pode alimentar o perfil no Instagram com os mesmos conteúdos do Facebook ou produzir peças exclusivas, principalmente se os públicos que seguem o perfil são diferentes. 

Confira algumas datas importantes:

27/02: Dia dos Idosos

21/03: Dia Mundial da Infância

18/05: Dia Nacional do Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

21/06: Dia do Imigrante

01/07: Dia da Cidadania

12/08: Dia Internacional da Juventude

25/11: Dia internacional de combate à violência contra a mulher

Formato de posts para Instagram

Dimensões em pixels:

Quadrado: 1080 x 1080 

Retrato: 1080 x 1350 

Stories: 1080 x 1920 

Formato:

JPEG ou PNG (para imagens)

MP4 (para vídeos)

Google Meu Negócio e Google Maps

Criar um perfil no Google Meu Negócio é uma forma de facilitar o acesso à informação sobre a localização do CRAS ou CREAS do seu município. Assim, quando alguém buscar informações sobre o local, irá encontrar com facilidade o endereço, horário de atendimento ao público, telefone e link para o site (se houver). 

Clique aqui e veja o passo a passo. Mantenha essas informações atualizadas, principalmente quando houver trocas na forma de contato ou fechamento por conta de feriados e recessos.

Busca no Google por “CRAS em Florianópolis”.

Busca no Google por “CRAS em Florianópolis”.

WhatsApp

O WhatsApp é ótimo para troca de mensagens rápidas e divulgação de atividades em grupos. E dá para ir além: utilizá-lo como assistente virtual. 

Com o Portabilis SAS — software para assistência social — a robô Poli facilita e otimiza o atendimento para as pessoas atendidas nos CRAS e CREAS. Ela funciona 24 horas por dia e oferece opções para solicitação de benefícios, denúncias ou consulta de status.

Recursos gratuitos 

  • O Canva é ferramenta de design online gratuita que permite a criação de vários materiais visuais, como slides, infográficos, mapas mentais, tabelas, posts para mídias sociais. Neste artigo nós explicamos como fazer o cadastro e utilizá-lo; 
  • Unsplash, Pexels e Pixabay são bancos de imagens gratuitos. Para utilizar, coloque um termo na busca ou navegue pelas categorias; 
  • O Priberam é um dicionário online. E para evitar repetições de palavras, aposte no dicionário de sinônimos;
  • Depois de vincular as contas do Instagram e Facebook, acesse o Estúdio de criação, disponibilizado pela Meta e agende publicações para o dia e horário que preferir; 
  • No Instagram os posts de feed não permitem links. Por isso, uma alternativa é colocá-los na bio (o resumo que aparece quando clicamos no perfil). Faça uma conta gratuita no Link.tree e insira todos os links importantes, como site do centro, localização, WhatsApp e etc.

Conhece algum outro recurso gratuito que é útil para assistentes sociais que atuam nos centros de referência? Compartilhe nos comentários!

Parceria com a Secretaria de Comunicação

Se no seu município há profissionais de comunicação ou uma secretaria para este tema, busque orientações sobre boas práticas para divulgar as ações da Secretaria de Assistência Social nas mídias sociais e também na imprensa.

Peça recomendações sobre a melhor forma de preparar textos: quais informações são necessárias? Para qual e-mail enviar? Qual o período de antecedência? Assim, há mais chances da notícia ser veiculada! 

Conheça a Portabilis

Potencializar o impacto das políticas públicas de Assistência Social é um grande desafio, mas há recursos que auxiliam no gerenciamento das ações e demandas, tomada de decisão e na criação de estratégias. 

Conheça o Portabilis SAS, o software para Assistência Social que integra e dinamiza o trabalho dos profissionais do Suas através do uso de tecnologia e dados confiáveis!

Software para Assistência Social: conheça o Portabilis SAS.

Mais sobre Assistência Social

Gostou das nossas dicas sobre o uso mídias sociais no Serviço Social realizado no âmbito municipal? Aqui no blog da Portabilis você encontra centenas de artigos sobre as políticas de assistência social, educação e políticas públicas.

Quer receber os conteúdos diretamente na sua caixa de e-mail? Assine nossa newsletter! ↓

Infográfico agenda 2030 da ONU

    Quer ficar por dentro das novidades?

    Assine a nossa newsletter e receba conteúdos incríveis toda semana!


    Portabilis Tecnologia

    A startup de tecnologia que ajuda os governos municipais a superarem a falta de informação através de soluções inteligentes, para aumentar o impacto das políticas públicas de educação e assistência social, focando em transformações sociais e a garantia do acesso de todos os brasileiros aos seus direitos.