4 min de leitura

Projeto institucional: ideias de temas para sua escola

Desenvolver projetos institucionais nas escolas públicas é uma forma de atuar sobre problemáticas de uma forma criativa, envolvendo a comunidade escolar e proporcionando práticas integradas às disciplinas ou outras instituições, como secretarias municipais, organizações sociais e até iniciativas de abrangência nacional. 

Definição do tema e planejamento são etapas essenciais para viabilizá-los. Assim, os projetos dialogam com as necessidades observadas na realidade de atuação e fica mais fácil mensurar os resultados. Neste artigo você confere um passo a passo para construir um projeto institucional e muitas ideias de temas. Boa leitura! 

O que é um projeto institucional?

Um projeto institucional é uma ação articulada para atuar sobre uma questão problema específica, que tem como objetivo geral proporcionar uma transformação no ambiente escolar. 

A iniciativa pode partir de gestoras(es) escolares, da equipe pedagógica, professoras(es) ou até mesmo dos estudantes. O diagnóstico do problema é o primeiro passo, seguido pela definição do tema, que pode ser diminuir comportamentos violentos, estimular a leitura nos anos iniciais, divulgar notícias sobre a escola, sensibilizar a comunidade sobre questões ambientais, produzir ou adquirir recursos didáticos para aulas, entre outros. 

Crianças escrevem no caderno em sala de aula.

Os projetos institucionais podem ter temas específicos, como leitura, meio ambiente, jardinagem, entre outros.

Lembre-se de que os projetos institucionais podem compor o projeto político pedagógico (PPP) da escola, que prevê objetivos, metas e plano de ação a nível macro e a longo prazo. Esses documentos têm funções diferentes, já que os projetos institucionais têm começo, meio e fim. 

Diagnóstico e identificação do problema

A organização de um projeto institucional varia de acordo com as normas da instituição e o cenário delineado após o diagnóstico. Mas, de modo geral, há alguns itens que são comuns para estruturá-los. 

A primeira ação é descrever o problema que você quer que o projeto institucional resolva. Uma dica para deixá-lo bem demarcado é pensar em forma de pergunta, colocando informações pertinentes, como, por exemplo:

  • Como diminuir os índices de violência física entre alunos(as) do 4º e 5º ano? 
  • De que maneira podemos melhorar os índices de leitura entre alunos(as) da escola?
  • Como aproximar a comunidade das ações realizadas na escola? 

No documento, coloque também o diagnóstico do problema. Explique qual é o cenário, descrevendo as informações com fatos e dados e caracterizando a situação. Nesta etapa mencione quais acontecimentos levam ao problema, quem são as pessoas envolvidas. 

Confira o exemplo relacionado ao terceiro exemplo mencionado acima: 

Identificamos que, na escola, o baixo engajamento de familiares e/ou responsáveis têm se manifestado nas ausências em reuniões importantes e na inatividade do conselho. A situação afeta a vida escolar dos(as) alunas(os), sobretudo na parte de acompanhamento e incentivo aos estudos: nas turmas de 3º ano, somente 30% fazem tarefas destinadas para casa; nos anos iniciais, o índice de aprendizagem é considerado baixo e há recorrência em situações de destruição de mobiliários, canteiros e de recursos didáticos.”

Resumo, objetivos e metas

Feito o diagnóstico, é o momento de definir o que será feito, quais são os objetivos específicos, as metas esperadas no projeto e um plano de ação. 

Os objetivos são mais abrangentes e podem ser qualitativos. Já as metas, precisam ser quantificadas, como, por exemplo: receber 80% de pais ou responsáveis nas reuniões de final de semestre. Vamos aos exemplos:

Resumo 

Fazer um evento aberto aos sábados no espaço escolar para apresentação de trabalhos realizados nas disciplinas, comunicar como está o andamento de projetos institucionais, elaborar oficinas para famílias (atividades de leitura em conjunto, jogos e brincadeiras, capacitação profissional, etc) e atividades de trabalhos coletivos, como pintura da biblioteca e reparos no parquinho. Periodicidade: uma vez ao mês, durante um semestre.

Objetivo geral

Aproximar a comunidade da escola e estimular a valorização do espaço.

Metas

  • Receber 200 pessoas na escola (por evento) 
  • Dois membros para o conselho escolar (ao final do semestre) 
  • Estabelecer três parcerias para oficinas (por mês)

E para cada objetivo específico, há metas específicas também. Se o foco está em aproximar a comunidade do ambiente escolar, outras estratégias de comunicação podem ser aplicadas simultaneamente, como divulgar notícias sobre projetos e trabalhos nas mídias sociais da escola e criar um grupo no WhatsApp apenas para transmissão de informações, otimizando lembretes para reuniões e eventos. 

Plano de ação

O plano de ação descreve todas as etapas: quem são as(os) responsáveis por cada etapa, quais as funções, qual o período de realização do evento, quais recursos a escola já tem e quais precisa adquirir para realizar a ação. Um cronograma bem definido facilita a organização.

Avaliação

Os projetos institucionais também têm avaliação, prevista no documento inicial. Os indicadores de sucesso do projeto são estabelecidos de forma qualitativa e quantitativa. Confira algumas opções:

  • Pesquisas de satisfação;
  • Aplicação de questionário com participantes;
  • Comentários positivos na imprensa ou em grupos escolares;
  • Adesão do público às ações e eventos.  

Temas para projeto institucional

Separamos alguns exemplos para inspirar gestoras(es) e professoras (es) de escolas públicas. Confira:

Projeto MeditAR

A ansiedade é uma emoção presente no retorno às aulas, sobretudo depois do período de isolamento social. As consequências se manifestam na falta de concentração e agitação durante as aulas, por isso, é preciso agir para resolver esse problema. 

Na Escola de Educação Básica Rosa Torres de Miranda, de Florianópolis (SC), a iniciativa para lidar com essa questão veio da professora Mariana Zimmermann, que criou o Projeto MeditAR, que inclui práticas de meditação no ambiente escolar

Projeto Vozes Mulheres

A professora Camile Baccin desenvolveu um projeto de literatura negra feminista da Escola Professor Aloysio Barros Leal, em Fortaleza – CE. A leitura dos livros inspirou uma série de cartas para a autora Conceição Evaristo e o encantamento que transformou não só as(os) estudantes, mas também familiares. 

Leia a matéria completa no site da Vós, uma plataforma de histórias sobre a rotina do Ceará. 

Projeto LEVO

O projeto LEVO é uma parceria entre o setor público, por meio de secretarias municipais de Educação junto a empresas que atuam no setor ambiental. 

O projeto envolveu a participação de 19 escolas de Cuiabá (MT) e integrou a questão ambiental no ambiente escolar: a partir da coleta de óleo de cozinha e formação sobre sustentabilidade. Além de favorecer a reutilização, o valor arrecadado volta para as escolas adquirirem equipamentos. 

Mais ideias para projetos em escolas públicas:

Aprenda com a Portabilis 

Gostou das nossas dicas sobre projetos institucionais para escolas? Acompanhe nosso blog e entenda como potencializar o impacto das políticas públicas de Educação no Brasil. 

Quer receber os conteúdos diretamente na sua caixa de e-mail? Assine nossa newsletter! ↓

    Quer ficar por dentro das novidades?

    Assine a nossa newsletter e receba conteúdos incríveis toda semana!


    Portabilis Tecnologia

    A startup de tecnologia que ajuda os governos municipais a superarem a falta de informação através de soluções inteligentes, para aumentar o impacto das políticas públicas de educação e assistência social, focando em transformações sociais e a garantia do acesso de todos os brasileiros aos seus direitos.