5 min de leitura

Afinal, você sabe o que é a educação 3.0?

A sociedade digital em que estamos vivendo está criando demandas a cada dia. No setor educacional, isso tem refletido na busca por soluções para velhos problemas, como o desinteresse e falta de atenção dos alunos.

Uma das propostas para solucionar esses problemas é o conceito de Educação 3.0, que engloba uma revolução nas definições de ensino e de aprendizagem como conhecemos para adequar o processo à modernidade e conseguir engajar melhor os estudantes com ferramentas mais efetivas.

O conceito ainda inclui uma série de ferramentas tecnológicas que buscam facilitar a vida dos profissionais da educação, com automatização e integração de dados a fim de ajudar no planejamento dos conteúdos e na manipulação de documentos importantes. Para saber mais sobre esse assunto, continue lendo este artigo.

O que é Educação 3.0?

O número associado ao termo dá a ideia de evolução, pois se é 3.0, já passamos por duas fases anteriores. Pois bem, a educação 1.0 e 2.0 definem modelos educacionais que funcionaram por bastante tempo na história da humanidade e supriram as necessidades das épocas em que foram aplicados.

Educação 1.0

A educação 1.0 representa métodos de ensino restritos a um pequeno grupo, esse era um modelo adequado para a época em que o conhecimento era privilégio de poucas pessoas. Nesse paradigma, os professores eram os grandes detentores do saber e ensinavam apenas para um pequeno grupo de alunos.

Educação 2.0

Já na educação 2.0, o contexto é o da revolução industrial, que criou uma demanda por mais ensino para mais pessoas, a fim de atender ao mercado de trabalho. Com o crescimento das fábricas, a necessidade por conhecimento técnico aumentou, por isso, os professores passaram a ministrar aulas para grupos maiores e mais abrangentes de pessoas.

Educação 3.0

Por fim, a educação 3.0 tem sido proposta como um paradigma adequado aos tempos modernos, assim como seus predecessores foram ao seu tempo, mas com uma demanda diferente. Dessa vez, o objetivo não é aumentar o número de pessoas a serem ensinadas, mas conferir mais protagonismo aos alunos, oferecendo a possibilidade de personalização dos conteúdos.

Se um dos problemas da educação na modernidade é justamente lidar com o desinteresse e a falta de engajamento dos estudantes, esse paradigma surgiu com soluções efetivas. Com a customização dos conteúdos e das metodologias, cada aluno passa a estudar os assuntos da melhor forma para ele, conseguindo aprender muito mais em menos tempo.

Outra grande mudança é o foco maior em competências e habilidades requisitadas para o mercado de trabalho atual e menor nos conceitos. Afinal, essa era outra questão que prejudicava o desempenho dos alunos: a falta de transparência quanto aos objetivos dos conteúdos e como eles poderiam ser aplicados.

Com essa mudança, os estudantes entendem o que precisa ser desenvolvido e estudam de forma organizada e orientada para isso. Ademais, conseguem se ajustar ao mercado e à sociedade e se encaixar melhor no contexto contemporâneo. Assim, fica bem mais fácil engajá-los.

Como a tecnologia e a inovação auxiliam nesse processo?

Um dos pilares desse novo padrão educacional é o uso intenso de tecnologias para estimular a aprendizagem. Não é a mera adoção de dispositivos e equipamentos eletrônicos de maneira avulsa, vale ressaltar, mas sim o uso estratégico dessas ferramentas para melhorar o ensino.

A aprendizagem e os processos educacionais passam a ser centrados nas tecnologias e na linguagem tecnológica. Um exemplo disso é a gamificação, que consiste no uso de métodos inspirados nos jogos para estimular o engajamento dos estudantes, como as recompensas, feedbacks e narrativas inspiradoras.

Assim, o processo pode gerar no aluno a mesma sensação lúdica e prazerosa que ele sente quando está jogando. Eliminado o aspecto burocrático e cansativo, fica mais fácil para a mente processar novas informações e aprendizados.

Outro bom exemplo é o uso de realidade virtual e aumentada, tecnologias de simulação por computadores. Funciona da mesma forma que a gamificação: os conceitos são adaptados ao aprendizado, para que se possa extrair uma experiência similar a que se tem quando essas ferramentas são utilizadas para outros fins.

Os métodos de ensino a distância também se encaixam nesse contexto. São uma forma diferente de aprendizagem que envolvem a presença física em salas de aula, mas também aulas on-line. Assim, utiliza-se o poder de mobilidade que a internet confere para tornar o processo mais confortável e flexível. A própria metodologia requer soluções criativas para que os alunos possam reter conhecimento e solidificar o que aprenderam.

Portanto, as estratégias modernas têm surgido, amparadas pelo uso de tecnologias, para tornar a retenção de conhecimento mais eficaz e enfrentar as barreiras impostas pelos paradigmas tradicionais.

A vantagem dessas soluções modernas é que elas são pensadas para reparar problemas comuns do nosso contexto histórico, em vez de focar somente em metodologias antigas, que são até funcionais, mas pouco flexíveis. Com propostas inovadoras, é possível buscar sempre otimizar a transmissão do conhecimento.

Qual a importância de utilizar a tecnologia para melhorar a gestão escolar?

Dentro desse contexto, é muito importante também uma mudança na visão da escola. Afinal, a digitalização dos processos em todos os âmbitos da nossa sociedade tem angariado uma série de benefícios que favorecem o uso das novas tecnologias, como discutimos nos tópicos anteriores.

Como foi mencionado, a educação 3.0 não se trata da mera adoção de ferramentas tecnológicas. E para obter os resultados citados e outras vantagens, as instituições de ensino precisam estar preparadas, priorizando também a absorção desse fenômeno com uma mudança na visão, a fim de que os processos sejam orientados às novas tecnologias.

Além de aplicar gamificação para engajar seus alunos, ou buscar aplicações de realidade aumentada, você também pode focar em soluções digitais para gestão dos vários processos e documentos que envolvam o setor educacional. Assim, é possível organizar melhor o sistema interno da escola para redução de custos, mais agilidade no dia a dia e decisões mais seguras.

Dessa maneira, a experiência do aluno é melhorada por completo, não só com métodos de ensino inovadores, mas com uma infraestrutura escolar moderna e consistente focada em diminuir erros e tornar informações mais acessíveis. Com a automatização de operações burocráticas, por exemplo, os profissionais ficam ainda mais envolvidos com o aprendizado e o desenvolvimento.

As novas tecnologias também melhoram a experiência dos professores, com ferramentas que auxiliam no cotidiano e automatizam operações simples e repetitivas. Assim, eles podem focar ainda mais nos alunos: em personalizar os conteúdos para eles, atendê-los e buscar melhores ferramentas e abordagens para atraí-los e engajá-los.

Como um software de gestão pode ajudar?

Partindo desse ponto, chegamos aos softwares de gestão. Aplicações voltadas ao gerenciamento das escolas são úteis para conseguir tornar práticos os benefícios citados, ou seja, para otimizar a experiência do professor, do aluno e dos demais profissionais envolvidos.

Com um melhor controle e organização, os dados circulam de forma mais organizada, o que favorece o andamento dos processos internos. Questões práticas, como registros de notas, boletins, faltas e históricos, são manuseadas pelo
software de maneira precisa, com automatização, visando à diminuição de erros e de perdas.

Os professores podem dispor de uma ferramenta que auxilia no planejamento das aulas e na preparação de provas, bem como no controle de conteúdos específicos para cada turma. O registro de frequência dos estudantes também pode ser automatizado, o que já facilita bastante o dia a dia.

Com as ferramentas citadas, é possível que uma escola invista nesse conceito moderno de educação e consiga mais autonomia e flexibilidade para os alunos, bem como mais personalização e um aprendizado consistente e empolgante. Isso prova que a inovação e a tecnologia podem realmente ajudar o setor a melhorar seus resultados.

Se você gostou de aprender mais sobre educação 3.0, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber novos conteúdos relevantes como este!

Quer ficar por dentro das novidades?

Assine a nossa newsletter e receba conteúdos incríveis toda semana!


Matheus Wagner